Pesquisa

Resultados da pesquisa

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Circuito Científico Cultural - O MUSEU É O MUNDO

"É através dos nossos olhos
que entramos em contato
com as belezas do mundo."





Renovando a tradição de encerrarmos o ano escolar em grande estilo, realizamos um Circuito Científico e Cultural reunindo numa grande mostra trabalhos e projetos desenvolvidos pelas crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

 "Um parangolé" -  Agrupamentos de 2 e 3 anos


  Quem participa vira objeto de arte - Tudo acontece em meio a dança de tecidos coloridos, corpos e  muito samba!

                   
    Panos coloridos emendados pela alegria!





                     As cores se movimentam no espaço junto com a música, meninos e meninas...


 Memorial da Infância - Agrupamento de 3 anos A e B


"Minha mãe cantava muito bonito, ela era soprano. Quando a dor era muito forte, quando a dor pesava muito, sabíamos que a morfina não era suficiente, a minha mãe cantava. Ela cantava umas cantigas de Carlos Gomes. A voz dela atravessava a casa e o quintal. Então, a gente sabia que ela estava com muita dor. Outro dia, estava pensando que eu também, quando dói muito, escrevo. É a mesma coisa."
                                                           Bartolomeu Campos de Queirós







"Eunice era minha babá. Ela cuidou de mim desde que nasci. Quando tinha medo durante a noite, eu fugia para a sua cama. Quando criança meu sonho era ser negra como a Eunice."
                                                                         Roseana Murray





"A verdadeira felicidade
 está na própria casa
 entre as alegrias da família" 
                                         Léon Tolstoi




"Vamos fazer o neném dormir, vamos?"
                                           Leonora- Agrupamento de 2 anos


"Roda mais alto Prô, eu quero voar!"
                                            Gabriel - Agrupamento de 2 anos


"Vamos voar, vamos Sofia?!"
                                           Cecília - Agrupamento de 2 anos






                                                                                                                                           
 "Vacas comem "capinhos" eu já vi lá na fazenda do meu pai."
                                                                            Vitória- Agrupamento de 2 anos




"Dentro da barriga da mamãe tinha cheiro de terra."
                                                                                               Heitor - Agrupamento de 3 anos


"Dentro da barriga da mamãe era vermelho, verde, azul."
                                                                                                    Maria Clara  - Agrupamento de 3 anos















O circuito foi fruto de todo um trabalho que uniu ciência  e arte, pois como é corrente entre nós, acreditamos que a educação pela pesquisa e pela arte são as especificidades mais próprias da educação escolar e de fundamental importância no processo de formação da competência histórica humana.



    "Luz dos olhos" - Agrupamento de 4 e 5 anos


"  O seu olhar lá fora, o seu olhar no céu,
 o seu olhar demora, o seu olhar no meu,
o seu olhar melhora o meu..."





   Vamos olhar até gastar?!


  Não vês que o olho abraça a beleza, o mundo inteiro? 


"Bicho, Bicho" - Agrupamento de 4 Anos








































"O desvelar dos signos" - Agrupamento de 5 Anos e 1° Ano









Para nós, essas atividades mostraram que as ideias são visíveis, audíveis e táteis, e podem refletir emoções. E nesse rumo esse CIRCUITO CIENTIFICO-CULTURAL também ressoou que a variedade das expressões artísticas está em relação a variedade de concepções que os indivíduos têm sobre o que são as coisas. Assim, as obras artísticas se transformaram em objetos que nos levaram a refletir sobre as formas de pensamento da cultura na qual se produzem.


                                "Tempo de voo"- 1º ano A e B

   "Só existe um tempo: o tempo vivo..."





 "Urbanóide" - 3º Ano A e B.

    Materialização da "Cidade e suas Margens".















   "Alcançamos a PERIFERIA com a nossa Arte!''
    "Arte não é a verdade, é uma mentira que nos ensina a compreender a verdade..."





Foi um exercício do olhar. Poesia, esquetes teatrais, projetos científicos. Desfrutamos tudo, juntos com as crianças, entendendo os resultados como parte de um processo vivido e experimentado por elas.


                       "O Corpo" - 5 Ano A e B



  "O corpo existe e pode ser pego...''


















 "É suficientemente opaco para que se possa vê-lo..."
"O corpo existe porque foi feito...''


 "Se ficar olhando anos você pode ver crescer o cabelo."




O corpo tem alguém como recheio..."

"RECEITA DE OLHAR
Nas primeiras horas da manhã
desamarre o olhar
deixe que se derrame
sobre todas as coisas belas
o mundo é sempre novo
e a terra dança e acorda
em acordes de sol
faça do seu olhar imensa caravela"

 Roseana Murray



'' No Mistério do Sem Fim...'' - 4º ano B







"As crianças sabem, mas quem cresceu tem que reaprender: Quando nossos olhos são educados para olhar, nossa alegria aumenta."




“O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto.
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento

Para a eterna novidade do mundo...”

"Ver ouvir e sentir  Vik Muniz" -  4° Ano A




O todo sem a parte não é todo,
A parte sem o todo não é parte,
Mas se parte o faz todo, sendo parte,
Não se diga, que é parte, sendo todo(...)







 Qual o melhor ângulo? Depende de quem vê.


Nosso olhar ganhou profundidade e largueza, foi um olhar para a vida em sociedade, olhar cultural, um rico momento de fruição do ser e do saber, em que todos os envolvidos foram acrescidos não apenas em conhecimento, mas também em sensibilidade.  
Uma bela manhã, do olhar e  viver!


                                                                        FOTOS:  PROFESSORA BÁRBARA SANT'ANNA.