Pesquisa

Resultados da pesquisa

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ler é desvendar mistérios


Mas a escola, ao pretender uma educação permanente, 
não pode ignorar o ato de ler. 
Ler é somar-se ao outro, 
é conhecer a legenda que o outro aplicou ao mundo. 
Ler é ampliar a legenda, passando também pelo coração do homem.
 É tempo de acreditar que não houve somente avanços tecnológicos no mundo.
 Ampliou-se, e muito, o conceito também de homem, de existência. 
Um currículo escolar não tem como abrigar todo o conhecimento produzido. 
A função de uma escola, hoje,
é a de criar leitores para, independentes, inteirarem-se da cultura existente.
 Se o leitor se interessar pela literatura, tanto melhor.”

Bartolomeu Campos de Queirós





Ler é uma operação inteligente, difícil, exigente, mas muito prazerosa. Ninguém lê  se não assume, diante do texto ou do objeto da curiosidade, a forma crítica de ser ou de estar sendo sujeito da leitura e do processo de conhecer em que se acha. Ler é uma busca criativa e  instigante por associações.  É, antes de tudo, uma atividade exploratória, destinada a localizar informações, desvendar segredos... 

Como diz Leonora:
“É mágica!!!”


A reflexão constante possibilita desenvolver estratégias de leitura. Essas estratégias são postas em prática pelas crianças sempre que tentam "ler" mesmo sem saber ler. Elas antecipam o que pode estar escrito. Como ainda não dominam o sistema, estão o tempo todo usando informações sobre a escrita do próprio nome, do nome dos colegas ou outros que trazem da própria experiência. A tentativa de leitura não é aleatória. Ao contrário, é um trabalho intelectual. A criança compara as palavras, seleciona, olha para todas as pistas e só então verifica o que está escrito. 


Atividade de leitura com crianças que ainda não sabem ler: